domingo, 17 de outubro de 2010

O retrato da vida.




A vida as vezes retrata a frieza, a falsidade e a beleza da interpretação do teatro.
Não toque, não insista, não corra atrás, deixe ela ir, deixe tudo partir. Você sabe que será melhor se não teres mais notícias, se não tiveres mais quem te prenda aqui.
Mude, sorria e chore. Seja falso nas horas mais verdadeiras, seja simpático com quem mereçe a sua falsidade. Seja invisível a quem quer te ferir.
Mas não esqueça de amar.
Não desista no primeiro tombo, erga sua cabeça, esqueça seu primeiro amor.
Corra atras dos sonhos que acha impossíveis e mostre é capaz, ignore os que dizem que não vai conseguir, feche os olhos e não pare de arriscar.
O show só acaba quando você decidir colocar um ponto final. Seja calculista, frio, amoroso, trouxa, apaixonado.
Interprete.

13 comentários:

Hozana Rodrigues disse...

Lindo! Essa é a arte do teatro.
A vida em si é um teatro.
As vezes temos que mostrar algo diferente do que gostaríamos que as pessoas vissem, porque muitas vezes essa é a melhor opção a ser fazer!
Parabéns pelo post.
Eu adorei!
Beijinhos no ♥

Danii disse...

Na verdade, eu queria saber interpretar, eu acredito que as coisas funcionariam melhor assim, mas eu não sei ._. preciso aprender urgentemente.

Bruna de Paula disse...

~ interpretação vem da mente, do lugar onde se esconde o seu verdadeiro ser. E ele só você pode realmente entender. Suas palavras são perfeitas *-*'

Baaah disse...

Por que a vida só vale a pena se formos protegonista da nossa própria história e mesmo que alguém de alguma força escreva o roteiro de nossas vidas somos nós que damos vida, ou não, a ele.

Simplesmente amei!
Acho que foi a mistura dos meus dois amores: o teatro e a palavra.
Você escreveu muito bem de forma simples e encantadora!Vou te seguir para poder acompanhar melhor teu trabalho,ok?

Beijos.
=**

Priscila Nascimento disse...

é, eu queria saber mostrar mais que eu sou capaz, mas tá difícil viu...
enfim, eu acho que deixamos muitas coisas atrapalharem isso de lutar por nossos sonhos, acho que muitas das vezes devemos acreditar mais em nós, bom, eu amei demais!
quando puder, passa lá: http://mudandopordentro.blogspot.com/

Chris disse...

Poise eu também sempre comparei a vida a uma peça de teatro, porque o teatro é a imitação da vida, mas não das vidas de quaisquer pessoas, a imitação da vida de pessoas interessantes. Enfim poetisa Manu rsrsrs nós temos que ser felizes de verdade, isso basta para que sejamos interessantes, e quando as cortinas se fecharem a peça acabe com aplausos!
Está lindo como sempre.

(http://dasdoresedelicias.blogspot.com/)

Marília disse...

Somos artistas do nosso próprio destino.
Adorei o seu blog flor..
adorei todos os seus posts, suas palavras me encantaram..

Estou te seguindo e estarei sempre aqui.

http://seuamorhojeesempre.blogspot.com/

Bjim!

Fernanda Ferreira disse...

profundo e lindo, adoro seus textos, parabéns.
bj, http://thinkzap.blogspot.com/

LadyBug disse...

Parabéns pelas linda palavras...
Corra atras dos sonhos que acha impossíveis e mostre é capaz

amei
estou seguindo
bjinhus
http://ladybug-lady.blogspot.com/

Mariana Lopes disse...

"seja simpático com quem merece sua falcidade" adorei.

Maxi (: disse...

muito lindo teus textos, e o blog tá lindo *-* beijos

Leila Bicalho disse...

Mas a vida é sim uma peça de teatro... somos atores e atrizes, mas não mocinha, na minha história eu prefiro ser a heroína! Liindo, ótima relação teatro-vida! 'Interprete' Beeijos *-*

Firefly disse...

É devemos viver a arte da vida como protagonistas, não importa quantos tombos tomamos, quantos vilões tentam nos atrapalhar, e não importa as lágrimas que foram derramadas em cena. O mais importante é pensar que podemos ter um final feliz depois de tudo isso.