segunda-feira, 19 de abril de 2010

A história sempre se repetirá.


Sinceramente, tem horas que eu só queria pegar minhas coisas e sumir, sem dar satisfações pra ninguém, talvez assim seria até melhor.
Agora as coisas estão indo para o lugar, está tudo clareando pra mim,  eu percebi quem eu realmente amo, só estou com medo de já ser tarde de mais.
A única coisa que eu queria que ele soubesse é que eu amo ele mais que tudo nesse mundo, e apesar de falarem tantas coisas para mim sobre ele, eu não vou mais acreditar, parece que essa coisa que dizem sobre o amor, realmente existe, aquelas tão famosas provas pra ver se o amor é verdadeiro, é pra mim elas vieram da pior maneira, eu me rendi, não nego.
Percebo agora como fui burra, na verdade, inocênte. Pensei que todos queriam o meu bem, mais agora vejo, eles queriam apenas momentos para se divertirem, e me usaram para isso, de fato, conseguiram.
Os dias tão passando, a dúvida e o remorso é a única coisa que eu sinto dentro de mim, incertezas e o medo de perder de uma vez por todas, agora mais do que nunca eu to sentindo minha alma fraca, meus olhos sem vontade de se abrirem, as coisas mais simples parecem que não terem mais o mesmo sentido, agora o sol não brilha para mim como antes.
As mudanças estão ocorrendo, mais vejo que eu ainda não estou preparada para isso, vejo que ainda sou apenas uma garota com dúvidas, apenas uma garota sem respostas.

2 comentários:

júlia teixeira (: disse...

tudo a vê comigo *---* :')

manuella camposelli :) disse...

pois é, vidas boas as nossas u_u